21 Out 2020
Com o PS, o Porto avança
Com o PS, o Porto avança
Estive esta manhã em Campanhã na cerimónia de assinatura do auto de consignação do Antigo Matadouro Industrial do Porto, com a presença do Primeiro-Ministro António Costa. Este é o corolário de vários anos e do trabalho de muita gente para termos um projecto revolucionário de mais de 30 mil metros quadrados que vai mudar a zona oriental do Porto, unindo reabilitação urbana, cultura, empresas e muito mais. A obra, de mais de 40 milhões de euros, foi ganha pela portuense Mota-Engil, o que também é motivo de regozijo.
 
O projecto é hoje liderado pelo actual executivo da Câmara Municipal do Porto, como não poderia deixar de ser, e conta com o nosso apoio para ele. Mas é justo reconhecer que só podemos ter hoje este espaço porque ainda no tempo de Rui Rio o PS Porto liderou a iniciativa para impedir a venda deste património, o que conseguimos com muita luta e determinação. Depois, nas autárquicas de 2013 e 2017 encabeçadas pelo Manuel Pizarro, este projecto esteve no programa eleitoral do PS. Envolvemos nele muitas personalidades, nomeadamente o arquitecto Jorge Garcia Pereira a quem muito do caminho é também devido. A Junta de Campanhã, liderada pelo nosso Ernesto Fortunato Neves Santos, entusiasmou-se com o projecto. E, por fim, foi graças ao PS que uma mudança legislativa permitiu desbloquear o projecto no Tribunal de Contas após uma inusitada espera superior a 2 anos.
 
Mesmo sem liderarmos o município, o PS não faltou ao Porto e deu o seu contributo ao longo destes anos para que hoje tenha sido um dia especialmente feliz para a nossa cidade. Em tempos difíceis, aqui projectamos a confiança com que encaramos o futuro.