07 Jan 2019
Investimento ferroviário
Investimento ferroviário

Estive hoje de manhã no Marco de Canaveses onde o Primeiro-Ministro selou o lançamento do concurso para o novo material circulante da CP: são mais de 168 milhões de euros para 22 novas composições prioritariamente destinadas às linhas regionais, reforçando a coesão territorial.

A última compra desta natureza foi há quase 20 anos. Antes, o PM visitou as obras de modernização da Linha do Douro em Caíde, Lousada.

O Governo não só renova a aposta estratégica na ferrovia como reitera a natureza competitiva dos serviços públicos prestados pela CP e pela EMEF que outros quiseram privatizar.

Esse tempo acabou com o lançamento deste novo ciclo de investimento público em prol de um país mais competitivo e sobretudo mais coeso.