14 Abr 2020
Organizar para melhor intervir
Organizar para melhor intervir

Vivemos tempos muito exigentes que implicam uma coordenação constante. Diariamente procuramos olear a máquina, ultrapassar problemas e convergir em torno de soluções, envolvendo os nossos dirigentes, autarcas, deputados e membros do governo, sendo de destacar nos últimos dias:

- Reunião entre o presidente da Federação Distrital Manuel Pizarro e os presidentes das Comissões Políticas Concelhias do Partido Socialista do distrito do Porto, com a presença do vice-presidente da Federação, Eduardo Vítor Rodrigues (presidente da Câmara Municipal de Gaia e da Área Metropolitana do Porto), do presidente da Mesa da Comissão Política Distrital, Pedro Machado (presidente da Câmara Municipal de Lousada), da Joana Lima, coordenadora dos deputados do distrito e do Eduardo Pinheiro, Secretário de Estado da Mobilidade, responsável indicado pelo governo para a coordenação da implementação do Estado de Emergência na região Norte. Durante mais de 2 horas, foram debatidos os problemas nos municípios do distrito do Porto e na região Norte, com a apresentação, por parte de todos, de contributos para uma melhor intervenção a nível local e regional.

- Reunião do deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista eleitos pelo círculo eleitoral do Porto, que contou também com a participação do Manuel Pizarro, para aprofundarmos o trabalho de avaliação da situação da pandemia no distrito do Porto.

- Reunião dos deputados do PS na Comissão de Trabalho e Segurança Social com a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (que esta quarta-feira participa numa audição na Assembleia da República que será transmitida pelo Canal Parlamento), Ana Mendes Godinho, para debatermos, ao longo de mais de duas horas, as respostas sociais no contexto da pandemia e as soluções que o governo tem em marcha em articulação com todas as instituições no terreno.

Estamos activos, mobilizados e empenhados em trabalhar em múltiplas as frentes para que nada falte a quem mais precisa, assegurando que os eleitos do PS respondem à exigência do momento que vivemos.

Prosseguiremos!